5 habilidades raras no mercado mundial

Pesquisa indica quais competências gerais estão cada vez mais em falta no mundo profissional
Faltam peças no quebra cabeça: algumas competências estão em falta no mercado.


São Paulo- A falta de talentos está tirando o sono de recrutadores em todo o globo. Mas a carência não está relacionada apenas com formação específica. Alguns comportamentos e competências gerais também se tornaram raros no mercado de trabalho nos últimos anos.
Pensando nisso, a Hays conduziu um levantamento em mais de 30 países para checar quais as habilidades que estão em falta no mercado. Confira:

1. Falar mais de um idioma
Que o inglês é a língua dos negócios ninguém mais duvida. Ter o domínio total do idioma deixou de ser um diferencial para ser uma obrigatoriedade. “A exigência de fluência aumentou muito”, diz Raphael Falcão, consultor da HAYS. A demanda agora passou a ser pelo profissional que sabe mais de dois ou três idiomas.
Dica: Espanhol, francês, alemão e até chinês são boas opções para quem quer alavancar o currículo e se dar bem em processos seletivos. “Esse tipo de conhecimento é essencial para quem quer atingir um lugar de destaque”, diz Falcão.

2. Comunicação
Saber se expressar, trabalhar bem em equipe e construir bons relacionamentos são pontos cruciais na era pós-globalização.
O profissional que pretende se destacar na carreira precisa investir na sua capacidade de comunicação. “Antigamente o ambientes eram mais homogêneos, e hoje há profissionais de diferentes culturas trabalhando juntos”, explica o consultor da HAYS.
Dica: Fazer intercâmbio é um caminho interessante para saber lidar com pessoas e ambientes diferentes. Livros também podem ajudar a capacidade de falar bem em público.

3. Gerenciamento de equipe e liderança
Basta levantar os olhos e observar a sua sala de trabalho para perceber que, cada vez mais, jovens profissionais assumem cargos de liderança. De acordo com a pesquisa divulgada pela HAYS, a falta de preparo e maturidade é o calcanhar de Aquiles de chefes mais novos na hora de gerenciar suas equipes.
Dica: Antes de assumir um cargo efetivo de liderança, o profissional pode liderar projetos pontuais paralelos na empresa. “Com isso ele terá uma vivência com começo meio e fim, e essa experiência vai contar bastante”, diz Falcão. Observação de líderes mais velhos também ajuda.

4. Organização
Com a grande quantidade de ferramentas tecnológicas disponíveis, é fácil perder o foco. “O volume de informação cresceu muito. Quem não sabe se organizar termina o dia sem ter feito o que tinha que fazer”, diz Falcão.
Dica: Programe cada dia com antecedência. Estabelecer regras e horários para determinadas tarefas, como ler e-mails e checar redes sociais é um passo importante. Executivos que fazem uma programação conseguem cumprir mais tarefas durante o dia de trabalho.

5. Negociações
Suportar, gerenciar e superar conflitos com capacidade de negociação são habilidades valorizadas. Outro ponto importante é que bom negociadores conseguem os melhores acordos em um momento em que as empresas querem cortar custos e economizar.
Dica: Prestar muita atenção ao que ocorre na empresa é a regra de ouro. “O profissional deve ampliar sua capacidade de observação se quer ser um bom negociador”, diz Falcão


Fonte: http://exame.abril.com.br/carreira/noticias/4-habilidades-raras-no-mercado-mundial?page=2
Saiba como adquirir nossos sistemas
Espaço exclusivo para lcientes

“Com o Uaisoft® temos um nível de confiabilidade maior. Antes de usá-lo, cada setor possuía um programa e havia um conflito muito grande de informações, além de muito retrabalho.

P.H.Transportes e Construções Ltda

Mais cases...